Diferenças entre os leitores de código de barras 1D e 2D

O leitor de código de barras é un equipamento de tecnologia, que permite descodificar uma simbologia específica composta por barras e um fundo branco que atráves do láser consegue ler o sistema binário e transmiti-lo ao computadoor como formato tradicional.

O primeiro leitor entrou no mercado em 1964 e, desde então, tornou-se essencial para qualquer negócio, pois é uma ferramenta com a qual é possível executar tarefas diárias como recebimento de mercadorias, stock, seguimento e expedição de produtos em larga ou pequena escala etc. Essa tecnologia permite reduzir erros humanos e automatizar parte da gestão. Há uma grande variedade de leitores e, uma primeira diferenciação seria baseada em sua capacidade de leitura em dois grandes grupos: leitores 1D e 2D.

Os leitores 1D eem unidirecionalmente a distância entre cada um dos elementos do código de barras linear da esquerda para a direita e descodificam-no no nosso sistema operacional para identificar o produto. A quantidade de informações normalmente é limitada a 20 a 25 caracteres (letras ou números).

Com a necessidade de armazenar mais dados no mesmo ou até menos espaço, os códigos de barras bidimensionais (2D ou bidimensionais) surgem no final dos anos 80, capazes de armazenar até 7.000 caracteres, incluindo não apenas letras e números, mas também também, fotos, URLs, coordenadas geográficas, texto etc. Pode-se dizer que os códigos de barras 2D são um tipo de link (entendido como link) impresso em papel e adotam diferentes formatos, como os códigos QR (“Resposta Rápida”), que são os mais comuns, mas também existem outros padrões como códigos Data Matrix, códigos MaxiCode, códigos astecas ...

Em certos sectores, foi a nova legislação que promoveu a mudança da codificação de 1D para 2D, recentemente a nível europeu as diretrizes sobre medicamentos falsificados, por um lado, e a rastreabilidade do tabaco, por outro.

Uma das diferenças a destacar entre a capacidade de digitalização dos leitores 1D vs. 2D é que os leitores bidirecionais oferecem uma vantagem superior aos unidirecionais, pois conseguem ler códigos antigos, rasgados ou danificados, arranhados, perfurados e amassados e ainda permanecem legíveis pelo scanner, pois esse tipo de código oferece maior segurança.

Com o passar do tempo, os scanners de tecnologia mais avançada costumam ler códigos 1D e 2D, mas isso depende dos seus negócios, da legislação aplicável e da utilização que for precisa/necessária. Por exemplo, se é para identificar produtos alimentares, a grande maioria ainda são códigos de barras 1D, mas se precisar descodificar informações de qualquer tipo ou numa escala maior, será melhor ter um leitor que leia os formatos 1D e 2D, para assim ter a confiança em ter um equipamento polivalente, universal e versátil.

Se precisar de mais informações para poder escolher o leitor ideal para o seu negócio, telefone para os nossos números de telefone ou escreva para o nosso chat no qual que os nossos especialistas o aconselharão a obter ideal.

Sabia que? A Logiscenter é um parceiro de referência nas diferentes marcas líderes no sector da tecnologia, especializadas na leitura de códigos de barras, como: Zebra, Datalogic y Honeywell.